Manifesto do coletivo Pó de Poesia

O Poder da Poesia contra qualquer tipo de opressão
Que a Expressão Emocional vença.
E que o dia a dia seja uma grande possibilidade poética...
Se nascemos do pó, se ao morrer voltaremos do pó
Então queremos Renascer do pó da poesia
Queremos a beleza e a juventude do pó da poesia.
A poesia é pólvora. Explode!
O pó mágico da poesia transcende o senso comum.
Leva-nos para um outro mundo de criatividade, imaginação.
Para o desconhecido; o inatingível mundo das transgressões do amor
E da insondável vida...
Nosso tempo é o pó da ampulheta. Fugaz.
Como a palavra que escapa para formar o verso
O despretensioso verso...
Queremos desengavetar e sacudir o pó que esconde o poema...
Queremos o Pó da Poesia em todas as linguagens da Arte e da Cultura.
O Pó que cura.
Queremos ressignificar a palavra Pó.
O pó da metáfora da poesia.
A poesia em todos os poros.
A poesia na veia.


Creia.


A poesia pode.


(Ivone Landim)



domingo, 11 de abril de 2010

E...



E...

E todos os sonhos que sonhei?
-Simplesmente me obrigaram a acordar
Me proibiram de sonhar
E colocaram meus pés no chão

E todos os castelos que construi?
-Tiraram-me o príncipe
E tiraram o dragão
Tiraram a princesa, agora sem proteção

E todos os suspiros que dei?
Perderam-se num quarto escuro, na solidão
Perderam-se no vazio, ecoando no meu coração
Perderam-se entre soluços e lágrimas
Perderam-se num verso de uma canção

E tudo que senti?
Perdeu-se no último abraço que lhe dei
Perdeu-se na última vez que meus lábios tocaram sua face
Perdeu-se quando te ouvi dizer adeus

Autora: Tamires Alci


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

5 comentários:

ventosnaprimavera disse...

Essa poesia é de autoria da Tamires, amiga de blog que tive a honra de ser um dos primeiros seguidores e acompanho sua poesia, espero que ela venha fazer parte um dia do po-de-poesia, já a convidei, como é de Nova Iguaçu será um prazer tê-la conosco.Arnoldo Pimentel

Marcio disse...

Prazer será todo nosso!!!

M!sunderstood disse...

Olá queridos

td bem?

fico extremamente honrada em ter minha poesia postada, sempre que posso venho aqui e faço uma visitinha, é um ótimo blog.

E caríssimo Arnoldo, Obrigada viu.

Abraços

sandra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sandra disse...

Adorei e lindo