Manifesto do coletivo Pó de Poesia

O Poder da Poesia contra qualquer tipo de opressão
Que a Expressão Emocional vença.
E que o dia a dia seja uma grande possibilidade poética...
Se nascemos do pó, se ao morrer voltaremos do pó
Então queremos Renascer do pó da poesia
Queremos a beleza e a juventude do pó da poesia.
A poesia é pólvora. Explode!
O pó mágico da poesia transcende o senso comum.
Leva-nos para um outro mundo de criatividade, imaginação.
Para o desconhecido; o inatingível mundo das transgressões do amor
E da insondável vida...
Nosso tempo é o pó da ampulheta. Fugaz.
Como a palavra que escapa para formar o verso
O despretensioso verso...
Queremos desengavetar e sacudir o pó que esconde o poema...
Queremos o Pó da Poesia em todas as linguagens da Arte e da Cultura.
O Pó que cura.
Queremos ressignificar a palavra Pó.
O pó da metáfora da poesia.
A poesia em todos os poros.
A poesia na veia.


Creia.


A poesia pode.


(Ivone Landim)



quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Visceral...



Luz da aurora, seus olhos me acham sem demora
Terra encantada, para sempre nossa morada
Fogo indomável, nossos corpos abrasados
Rio transbordante, minha alma navegante
Sol de verão, sua luz que ilumina meu coração
Lençol sobre o ar são minhas asas a voar
Avenida Rio Branco, nossos largos caminhos a passar
Canção bela, me faço instrumento a tua espera
Imenso mar, nossos sonhos a realizar
Flores de abril, nosso amor sutil
Mulata no samba, nosso amor visceral
Poema feliz, eu e você como Deus quis.



(( Camila Senna ))

Um comentário:

Ideas for Foot Havaianas Personalizadas disse...

adorei o texto ..
to seguindo
segue tbm ?
bjs